terça-feira, 24 de março de 2015

Joinville, Panorama.

O município de Joinville está localizado no nordeste de Santa Catarina, um estado situado no sul do Brasil. As origens de Joinville estão relacionadas à fundação de uma colônia de língua alemã, chamada Dona Francisca, em 9 de março de 1851. Ela foi um empreendimento colonial privado, conduzido pela Sociedade Colonizadora Hanseática, uma empresa de capital aberto, cuja sede encontrava-se na cidade alemã de Hamburgo. A região de Joinville já era ocupada há muito tempo. Inicialmente, por povos caçadores e coletores. Mais tarde, populações oriundas de São Francisco do Sul, uma cidade vizinha, portuária e fundada durante o século 17. A fundação da Colônia Dona Francisca ocorreu no contexto da política de imigração vigente no Brasil oitocentista, sendo este passado colonial parte das identidades culturais da própria cidade, que completou neste mês, março, 164 anos.

Descrição do documento.

Cartão postal não-circulado, produzido pela empresa "Foto Postal Colombo", de São Paulo. A Foto Postal Colombo produziu inúmeros cartões postais para diversas cidades brasileiras, tais como Brasília (DF). O tema do cartão postal é um panorama de Joinville a partir de uma posição situada na margem direita do rio Cachoeira, no sentido Norte, provavelmente, próxima ao atual prédio da Prefeitura Municipal de Joinville. É possível identificar diversas edificações localizadas no Centro da cidade, tais como, da esquerda para a direita: o prédio da Secretaria Municipal de Educação (em construção), a mansão Dória, a antiga Catedral da Diocese de Joinville, o prédio do Clube Joinville, a rua das Palmeiras, a torre de vigia do Corpo de Bombeiros Voluntários e,  finalmente, o Palácio dos Esportes (ginásio Abel Schultz). Infelizmente, não há registro sobre a data em que o cartão postal foi produzido. Porém, podemos estabelecer uma datação entre 1951 (ano em que o Palácio dos Esportes foi inaugurado) e 1967 (ano em que o antigo prédio da Catedral da Diocese de Joinville foi demolido).

Figura 1: frente do cartão postal. Coleção: Wilson de Oliveira Neto (Ex-Eduardo Zastrow).

No verso do cartão postal, foi datilografada uma pequena mensagem em alemão, que transcrevemos a seguir:

"Meine Lieben.
"Ich weiss nicht, ob Ihr meine Briefe erhalten habt. Wenn ich mal mehr Zeit habe, aschreibe ich Euch mal einen Bericht über Land und Leute. Aus dem Hotel bin ich ausgezogen und habe jetzt am Rande der Stadt Privatlogis. Auch zwei alte Leute und bin gut aufgehoben. [...].
"Für heute die besten grüssen euer Vati".

Agradecimentos.

O autor gostaria de agradecer às seguintes pessoas pelos seus comentários feitos no grupo público "Joinville de Ontem" existente na rede social Facebook: Francisco de Assis Nascimento; Maria Cristina Dias Lima; Marilu Fischer. Além delas, um especial obrigado ao amigo e colega Nicácio Tiago Machado e ao grande mestre da Cartofilia no Brasil José Carlos Daltozo.

Um comentário:

  1. A cultura do CARTÃO POSTAL não pode se perder.
    Faço fotos para produção desses retângulos há mais de 18 anos e estou buscando recursos financeiros para novas produções . Tenha seu nome marcado nessa cultura mundial ajudando-me nesse empreendimento.
    www.flickr.com/postaiscardim

    ResponderExcluir